Sonhos, objetivos e metas

Todos nós temos anseios e desejos em nossas vidas, é isso que nos leva adiante em determinada direção. Porém, muitos não têm o hábito de nos planejar para alcançar aquilo que querems, muitas vezes seguem apenas instintivamente, o que pode comprometer o resultado.

No artigo de hoje, eu vou falar exatamente sobre isso: como nos organizarmos de forma que nossas ações e pensamentos sejam coerentes com aquilo que desejamos. Para isso, vamos começar entendendo alguns conceitos:

Sonhos

Os sonhos são a semente, onde tudo começa. É apenas uma ideia, algo que está em sua mente, porém ainda não está claro ou estruturado, é apenas um pensamento. 

Objetivos

Objetivos são mais claros e racionais, é a base do seu planejamento. É quando você sabe o que quer e tem um desejo ardente por trás disso, te impulsionando na direção desejada.

Metas

Metas são quando você estipula uma data para alcançar o seu objetivo, o qual tem um desejo ardente por trás, e que, um dia, foi apenas um sonho. Aqui, é o momento em que você estrutura o seu plano e começa a agir.

Agora que alinhamos o entendimento sobre sonhos, objetivos e metas, vamos falar sobre como estruturar esse plano de ação. Vejo muitas pessoas que deixam de estruturar o seu planejamento por considerar algo trabalhoso, sem perceber valor que ele tem.

Por isso, eu trouxe uma percepção mais simplificada para você aplicar no seu dia a dia e que fará toda a diferença para alcançar as suas metas.

Foque no que você quer

Isso não significa apenas estabelecer de forma clara o que você quer, é, também, expressar de forma positiva. Por exemplo, se sua meta é emagrecer, ao invés de estipular quantos kg você quer perder, determine o peso em que que chegar. Assim você tem o que quer (peso ideal), e não o que não quer (peso extra).

Valor por trás da meta

É preciso relacionar a sua meta com seus valores pessoais. Imagine que você chegou onde queria, visualize a cena com o máximo de detalhes e perceba como você se sente agora que concretizou o que você queria. Esse é o valor por trás da sua meta.

Por exemplo: uma pessoa que quer atingir determinado peso, pode estar buscando se sentir mais autoconfiante. Dessa forma, o valor por trás da meta é autoconfiança.

Nosso valores são o que nos motivam, portanto, depois de descobrir o seu valor, relacione-o com cada submeta, para que ela esteja coerente com a grande meta. 

Caso você não veja relação entre o que precisa realizar e o seu valor, adapte a submeta para que você perceba o seu valor ao executá-la. As chances de você fazer algo que não está relacionado com seus valores é muito pequena, pois não verá sentido.

Tenha indicadores

Estabeleça uma maneira de medir o seu progresso visualmente, seja uma planilha, gráfico ou linha do tempo. Isso é importante para estabelecer a relação das suas ações com a sua grande meta final. Muitas pessoas desistem, pois perdem esse link e param de enxergar valor no que estão fazendo.

Submetas

Depois de saber onde você está e onde quer chegar (meta), estabeleça submetas, ou seja, tarefas que deverão ser executadas ao decorrer do processo, para que você chegue no estado desejado.

É como subir uma montanha: se tentarmos pular do chão ao cume, possivelmente não conseguiremos alcançar a meta e ficaremos frustrados. Porém, talvez possamos subir uma parte de carro, outra parte caminhando e, por fim, escalarmos até o topo.

Quando e onde

Determine prazos para cada etapa ou tarefa a ser realizada, bem como o contexto em que irá acontecer. 

Comemoração

Já falamos por aqui sobre a importância de comemorar e agradecer, fazendo com que você reforçe suas crenças possibilitadoras referente às suas capacidades. Comemore consigo mesmo, nem que seja se olhar no espelho e dizer: EU CONSEGUI!

Vibre a cada etapa concluída e você perceberá o quanto essas ações estão te levando para cada vez mais perto da sua grande meta. Assim, mantém o seu desejo ardente vivo no seu coração, para que se mantenha firme no seu propósito.

Esses 6 passos são fáceis e práticos de fazer, reserve um tempo para começar e visite-o semanalmente, para acompanhar o seu andamento e fazer ajustes necessários. Veja bem, uma semana tem 168 horas, então é mais do que possível você reservar 1h para se dedicar ao seu planejamento.

Você é o único responsável por onde quer chegar. Conscientize-se disso e assuma a liderança da sua vida, cada um de nós pode e merece ser exatamente aquilo que escolheu.

Construindo o Sucesso Juntos,

Nati

Até a próxima!

Gostou? CURTA e COMPARTILHE com seus amigos!

Tem sugestões? Deixe nos COMENTÁRIOS ou mande uma MENSAGEM!

Lembre-se de SEGUIR o blog para ficar por dentro das novidades!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: