Linguagem de Sucesso

Já falamos aqui que nossos pensamentos tem grande poder no direcionamento das nossas ações em busca daquilo que desejamos. Da mesma forma, a nossa linguagem, aquilo que falamos, direcionam nossos pensamentos, tornando-se verdades em nosso inconsciente.

Dependendo do que você fala, pode potencializar ou limitar as suas próprias capacidades. Portanto, é fundamental aprendermos a nos comunicarmos de maneira precisa, para isso, eu trouxe para vocês a Linguagem de Sucesso:

NÃO

O nosso inconsciente descarta a palavra “não” daquilo que falamos, pois ela existe apenas na linguagem, porém não na experiência. Um exemplo é eu pedir para você não pensar em uma maçã, você irá pensar na maçã. Dessa forma, toda vez que você falar que não deseja algo, seu inconsciente estará assumindo que você deseja aquilo. Fale sempre no positivo, aquilo que você quer. Por exemplo.: ao invés de dizer que não quer fracassar, diga que quer vencer.

MAS

O “mas” nega tudo que foi dito anteriormente, ao contrário do algumas pessoas acham. Se eu disser para vocês “minha amiga Laura é muito legal, mas…” não preciso nem completar a frase, a ideia de que ela nem é tão legal assim já foi transmitida. Nesses casos, substitui por “E” ou “TAMBÉM”.

TENTAR

Quem tenta não consegue. Ao dizer que você vai tentar algo, já está pressupondo que não vai conseguir. Um exemplo que eu acho muito legal é o da linguagem hipnótica que, além de todo um conjunto de técnicas, e utiliza-se dessa palavra. Um hipnólogo consegue se comunicar mais diretamente com o inconsciente. Funciona da seguinte forma:  ele fala “note que você tenta levantar seu braço, mas não consegue. Quanto mais você tenta, menos você consegue” e a pessoa fica com os braços presos ao corpo. E então o hipnólogo diz “agora levante seu braço” e a pessoa assim o faz. O que ele fez foi retirar a palavra tentar, então, elimine você também essa palavra do seu vocabulário.

DEVO, TENHO QUE, PRECISO

Essas palavras pressupõe que você está sendo controlado, logo gera uma resistência ao que será realizado. Você é o responsável pela sua vida, então diga EU QUERO, EU DECIDO, EU VOU.

NÃO POSSO, NÃO CONSIGO

Essas palavras me doem na alma, pois ao pronunciá-las, está dizendo para você mesmo que não é capaz. Caso seja ago que você não queira fazer diga NÃO QUERO, DECIDO NÃO. Se for algo que você tentou em algum momento e não obteve sucesso, diga NÃO PODIA, NÃO CONSEGUIA, falando no passado, você assume que em algum momento não conseguiu, porém é capaz de aprender, melhorar, se desenvolver e conseguir.

PASSADO

Fale de suas limitações no passado ou use a palavra AINDA. Por exemplo: “eu tinha pouca facilidade para dormir”, mesmo que você ainda não esteja dormindo uma noite inteira, ao fazer isso você começa a intruir um novo padrão de comportamento no seu inconsciente. No caso do AINDA, você pressupõe que vai conseguir, por exemplo “ainda não consegui terminar”, entendemos que ela está no processo que vai concluí-lo.

PRESENTE

Fale dos seus projetos atuais utilizando o gerúndio, assim você os coloca em movimento. Por exemplo, ao invés de dizer “eu vou mudar meu mindset”, diga “eu estou mudando o meu mindset”. Perceba que a segunda setença trás a ação para o presente, dando continuidade no futuro.

SE

O “se” traz consigo a ideia de que é algo distante, quase improvável. Substitua por QUANDO ou AO, o primeiro expressa que você está decidido e o segundo que vai conseguir. Por exemplo: “quando eu conseguir dinheiro, vou viajar” ou “ao conseguir dinheiro, vou viajar”.

ESPERO

Quando você diz que espera por algo coloca em dúvida aquilo que irá acontecer. Substitua por SEI, por exemplo: ao invés de dizer “espero aprender a Linguagem do Sucesso”, diga “eu sei que vou aprende a Linguagem do Sucesso”.

FUTURO DO PRETÉRITO CONDICIONAL

O nome assusta, porém é muito simples, é quando colocamos o “ia” no verbo: gostaria, poderia e assim por diante. Esse é um tempo que não existe, por exemplo: “eu gostaria de agradecer”, o sujeito esta dizendo é que “se ele fosse agradecer, ele gostaria”. Substitua esse tempo pelo presente e diga “eu agradeço”.

DIFÍCIL

A palavra “difícil” torna as coisas mais complexas do que realmente são, substitua-a por POUCO FÁCIL. O nosso cérebro descarta tudo que não faz sentido, a palavra POUCO faz com que ele procure um parâmetro de comparação, como você diz apenas POUCO FÁCIL e não comparado a que, ele descarta o POUCO e a palavra que predomina é FÁCIL.

PROBLEMA

Quando utilizamos a palavra problema, nosso cérebro traz a comparação com outros momentos em nossas vidas que também chamamos de problema, intensificando o negativo. Diga que tem uma SITUAÇÃO para resolver, isso fará com que diminui a intensidade da informação.

Agora é hora de praticar, comece a treinar essa nova forma de comunicação e você verá as mudanças na sua vida.

Eu acredito em cada um de vocês!

Beijos!

Até a próxima!

Gostou? CURTA e COMPARTILHE com seus amigos!

Tem sugestões? Deixe nos COMENTÁRIOS ou mande uma MENSAGEM!

Lembre-se de SEGUIR o blog para ficar por dentro das novidades!

2 comentários em “Linguagem de Sucesso

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: