Percepções de Mundo: Mapa é Mapa

Cada um de nós tem sua própria projeção de mundo. Ou seja, ao longo de nossas vidas, vamos assimilando informações, vivendo experiências e adquirindo conhecimentos de forma a construirmos nossas prórpias verdades. Com base nisso tomamos nossas decisões e reagimos aos estímulos que recebemos, resultando em um padrão de comportamento.

Essa visão mundo particular é construída a partir de algo que acontece ne realidade, o qual interpretamos de acordo com nossas crenças, valores, experiências, conhecimentos e etc para formarmos nossa própria conclusão.

Dentro desse conceito, temos as seguintes definições:

  • Território: fatos e dados, a realidade como ela é. Por exemplo: uma cadeira é uma cadeira, se ela é bonita ou não dependerá de quem a vê.
  • Filtro: são nossos conhecimentos, crenças, valores, experiências e tudo que, de alguma forma, influenciará em nossa interpretação.
  • Mapa: é a interpretação de mundo individual. Por exemplo: a cadeira acima mencionada pode ser bonita no meu mapa e feia no seu mapa.

Em suma, o território é o mesmo para todas as pessoas. Através daquilo que vivemos e aprendemos (filtros), montamos nossa própria visão de mundo (mapa). O mapa é o ponto de vista de cada um, com base em suas vivências, os filtros, sobre algum fato, território.

É por isso que as pessoas têm opiniões diferentes, apenas você é capaz de ver através dos seus olhos. Compreender isso é fundamental para que possamos conviver de forma harmoniosa com aqueles que pensam diferente de nós.

O Mapa é individual e deve ser respeitado, isso é primordial. Nas suas conversas e relacionamentos, cuide para não invadir o mapa alheio. A não ser que ele permita a sua entrada. Ou seja, não imponha a sua forma de pensar para as outras pessoas, a sua opinião faz sentido no seu mundo, de acordo com tudo que você viveu e conheceu, entretanto, talvez não seja o melhor para o outro. 

Você não precisa discutir, brigar ou excluir a pessoa da sua vida apenas por isso. As pessoas pensam de formas diferente e tudo bem. O importante é que suas decisões, ações e comportamente façam sentido para você.

Se o outro estiver aberto, mostre sua visão, isso pode ajuda-lo a complementar a sua visão. Porém, se o outro não estiver disposto, não insita, mesmo que você queira ser solidário, tente encontrar outras formas de auxiliá-lo.

Pense em todas as vezes que você sente invadido e o quanto isso lhe causa desconforto, quando você quer se impor sobre outras pessoas, causa a mesma sensação. Acho que concordamos que você não quer ser aquele que é visto como invasivo, então respeite o processo alheio.

Cada um de nós temos nosso próprio jeito de descobrir quem somos e encontrarmos nosso caminho. Entenda que somos todos livres para sermos que somos, alcançar o que desejamos e estar onde quisermos.

Eu acredito em cada um de vocês!

Beijos!

Até a próxima!

Gostou? CURTA e COMPARTILHE com seus amigos!

Tem sugestões? Deixe nos COMENTÁRIOS ou mande uma MENSAGEM!

Lembre-se de SEGUIR o blog para ficar por dentro das novidades!

Um comentário em “Percepções de Mundo: Mapa é Mapa

Adicione o seu

  1. Pingback: Desça do Muro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: