As Camadas da Mente

A descrição da mente humana feita por Freud é utilizada até hoje, na qual ele os trouxe o conceito de que temos 3 camadas em nossa mente: consciente, subconsciente e inconsciente.

Sabermos sobre isso é muito importante para entendermos sobre o funcionamento da nossa mente. Por isso, no artigo de hoje falaremos um pouco sobre cada uma dessas camadas.

Consciente

É a parte do cérebro que pensa, quando estamos acordados, caracterizada como estado de vigília. Está relacionada com o hemisfério esquerdo do nosso cérebro, portanto, refere-se ao que é lógico e racional.

A consciência, em conjunto com a linguística, é o que nos difere dos animais. É o que permite a interação com o meio, podendo modificá-lo através de processos como a memória, o pensamento, a linguagem e etc.

Subconsciente

Essa camada está abaixo do nível de consciência, acessada através de estados alterados de consciência, como a hipnose ou os sonhos. Está relacionado ao hemisfério cerebral direito, portanto refere-se ao nosso lado mais criativo e intuitivo.

O subconsciente atua como um filtro, ofertando ou não informações que estão no nosso inconsciente, de acordo com o impacto emocional que elas causam. Ele responde aos estímulos do consciente, captados por nossos sentidos.

Ou seja, de acordo com o que vivenciando, enviamos estímulos ao nosso subconsciente, que buscará no inconsciente por informações que, de alguma forma, trarão os recursos de que necessitamos. Quando “negamos” essas lembranças, negamos o aprendizado que elas nos trazem e, com o tempo, o nosso subconsciente para de nos trazer essas preciosas informações.

Inconsciente

Essa é a zona responsável por pelas paixões, medos, desejos, impulsos e tendências. Serve como um banco de dados, utilizando-se da carga emocional contida em nossas lembranças para registrá-las ou não. Ou seja, tudo aquilo em que colocamos emoções é considerado como importante pelo nosso inconsciente. É como se clicássemos no botão salvar da nossa mente.

O inconsciente tem três características principais:

  • Metafórico: ele se comunica através de metáforas, é por isso que temos insights e sonhos que parecem “malucos”, quando, na verdade essa é apenas a forma do nosso inconsciente nos ofertas uma informação. Ele não diferencia o real do imaginário, é por isso que sentimos medo ao ver um filme de terror, por exemplo. A visualização criativa se torna tão poderosa devido à essa característica do inconsciente que assume a imagem desejada como uma verdade e passa a buscá-la no mundo físico.
  • Atemporal: o insconsciente não tem noção de tempo, é por isso que ficamos dias sofrendo em função de um acontecimento futuro. A partir do momento que ficamos pensando em algo que irá acontecer, passamos a viver em um tempo que não é o presente, causando ansiedade.
  • Quântico: isso quer dizer que, quanto mais repetimos um processo, mais o nosso inconsciente tenta encontrar atalhos, é por isso que, quanto mais praticamos algo, mais fácil isso vai se tornando. Em contrapartida, é preciso fazermos uma análise constante para que não pulemos etapas importantes para determinados processos.

Hoje em dia, há uma tendência em supervalorizar o consciente, onde apenas o que é lógico e racional tem valor. Porém, o que muitos não levam em consideração, ou até mesmo não sabem, é que somos apenas 5% conscientes. Dar importância apenas à essa camada é, portanto, uma limitação enorme das nossas potencialidades.

É questão matemática, se o consciente é responsável por 5%, o subconsciente atua como filtro e o inconsciente responde pelos 95% restantes, quem você acha que vai ganhar essa ‘briga’?

Por isso, é fundamental que, ao invés de negarmos emoções ou lembranças indesejadas, sejamos capazes de aprender e lidar com elas. Essa é a melhor forma de acessar as informações do nosso inconsciente, pois, quanto mais nos permitimos, mais ele ofertará.

Portanto, permita-se. Permita-se aprender, perdoar, evoluir e ser feliz. 

Eu acredito em cada um de vocês!

Beijos!

Até a próxima!

Gostou? CURTA e COMPARTILHE com seus amigos!

Tem sugestões? Deixe nos COMENTÁRIOS ou mande uma MENSAGEM!

Lembre-se de SEGUIR o blog para ficar por dentro das novidades!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: