Qual o seu Mindset?

Carol Dweck, professora da Universidade de Stanford e especialista em sucesso e motivação, durante décadas de pesquisa, desenvolveu o conceito de mindset, ou seja, a atitude mental com que encaramos a vida, nosso modelo mental.

O mindset define nossa relação com o trabalho, as pessoas e a maneira como lidamos com os fatos e nossos objetivos, podendo ou não alcançar o sucesso. Muito do que você acredita ser da sua personalidade, na verdade é gerado pelo tipo de mindset que você desenvolveu ao longo da vida.

Falaremos agora sobre os 2 tipos de mindset identificados por Carol durante suas pesquisas: mindset fixo e mindset progressivo.

Pessoas de mindset fixo acreditam que as coisas “são como são” e que é muito difícil mudá-las. Não se percebem boas o suficiente e muitas se “escondem” na zona de conforto, evitando o novo para não correrem o risco do fracasso.

São extremamente resistentes a mudanças, usando exemplos do passado para justificar suas ações do presente, alegando que se deu certo antes, irá dar certo novamente. Ficam presas apenas ao que já sabem e não acreditam ser possível desenvolver novas habilidades.

Este tipo de mindset  limita nossas realizações, desenvolvimento e aprendizagem, fazendo com que estas pessoas evitem desafios e novas experiências por medo de parecerem menos inteligentes.  

Ou seja, no mindset fixo temos uma estática zona de conforto implantada. Acredita-se que o talento por si só cria o sucesso, sem a necessidade de esforço e dedicação, que as habilidades de cada um são inatas e que nada se pode fazer para desenvolvê-las ou aprimorá-las.

Já pessoas com mindset progressivo acreditam que habilidades e talentos podem ser desenvolvidos e aprimorados. Para elas, o fracasso não é vergonhoso e nem deve ser evitado, pois é uma oportunidade de aprender e evoluir.

Assumem que as mudanças necessárias para progredirem dependem só de seus esforços, se permitem errar quantas vezes for necessário, pois entendem que isso faz parte do processo de aprendizagem. Acreditam que o “não saber” é um estado temporário e, se não conseguiram ainda, é apenas uma questão de tempo e dedicação.

Pessoas que têm sucesso em seus empreendimentos têm uma crença, mesmo que inconsciente, de que tudo é possível com  determinação e trabalho. Este midset encoraja o indivíduo a procurar por desafios, a se esforçare ao máximo e aproveitar as oportunidades. Concentrando-se em como crescer e se desenvolver, buscando a constante evolução.

Essas pessoas possuem um nível de satisfação maior na vida, têm mais facilidade de perdoar, deixar de lado a culpa e seguir adiante. Possuem habilidades sociais mais desenvolvidas, focam mais no processo e na aprendizagem.

No mindset progressivo, há um profundo envolvimento com o novo, a atividade do cérebro processa o erro e aprende a corrigi-lo, desenvolvendo fortes ligações neurais.  Dessa forma, a curva de aprendizagem é intensa.

As pessoas com uma mentalidade de crescimento buscam desenvolver seus potenciais através de seu empenho e estímulo, assim como o grande ícone da música clássica, Mozart, ninguém jamais realizou grandes coisas sem profunda dedicação.

A palavra “ainda” é muito poderosa nesse processo, pois transmite a ideia de que você pode não ter conseguido dessa vez, mas será melhor a cada nova tentativa. Usar a palavra “ainda” constrói pontes para o lugar que você deseja chegar.

O mindset progressivo nos propõe a viver em um espaço com potencial de crescimento, cheios de “ainda”, onde nossas capacidades e habilidades possam crescer e ser motivadas a uma elevada produtividade em tudo aquilo que decidirmos empreender nossos esforços.

Lembre-se: o feito é melhor que o perfeito, e sempre há uma maneira de fazermos ainda melhor. Aproveite esse momento e faça uma lista contendo seus “ainda” e permita-se realizar seus sonhos e projetos.

Se você se identificou mais com o mindset fixo, não significa que precisa simplesmente aceitar, desistir ou desanimar. A neurociência comprovou, através de inúmeros estudos sobre o funcionamento do cérebro, que, a partir do momento em que tomamos consciência de que nosso modelo mental nos limita, podemos optar por outro.

O mindset é parte importante e da nossa personalidade, porém, não significa que não possamos modifica-lo. A partir do momento que entendemos onde nos encontramos, podemos começar a pensar e agir de forma diferente. Basta trazer para si a responsabilidade por sua vida e sair da zona de conforto.

Ou seja, se você se encontra insatisfeito, estagnado e acha que não há uma saída, está enganado. Essa é uma questão de novos aprendizados, comportamentos e infinitas possibilidades.

Agora que você já sabe o que é mindset fixo e progressivo, qual deles você vai escolher para sua vida?

Pense nisso.

Eu acredito em cada um de vocês!

Beijos!

Até a próxima!

Gostou? CURTA e COMPARTILHE com seus amigos!

Tem sugestões? Deixe nos COMENTÁRIOS ou mande uma MENSAGEM!

Lembre-se de SEGUIR o blog para ficar por dentro das novidades!

Um comentário em “Qual o seu Mindset?

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: