Qual o seu medo?

Vamos fazer um exercício juntos!

Primeiro, pense em onde você quer chegar, qual sua maior meta hoje? Projete-se para o futuro e viva o seu objetivo realizado com o máximo de detalhes, e vá além, quais os impactos disso na sua vida a curto, médio e longo prazo?

Depois que estiver com essa imagem clara na sua mente, volte para o presente e olhe para onde você se encontra hoje em relação à sua meta. Imagine que na sua frente está o caminho que te leva até a cena do seu objetivo realizado.

E então, se pergunte: o que está te impedindo de seguir esse caminho? Do que você tem medo?

Pense aí consigo mesmo, o que está te prendendo, qual a barreira entre você e o seu sonho?

Muitas vezes, para fugir da dor, não queremos olhar para os nossos medos. Entretanto, isso nos impede de transcendê-lo. Uma coisa que descobri na minha formação como Master Practitioner é: quando está ruim, está bom.

Isso significa que, a partir do momento em que eu percebo o que me impede, o que me limita e me prende, eu posso ir pra cima e resolver isso, para, então me tornar capaz de chegar onde eu quero.

O medo, como qualquer outra emoção, tem o lado negativo e o positivo. No negativo, ele nos limita, nos impede de tomar ações e decisões, ou até mesmo nos faz fugir daquilo que desejamos e das oportunidades que aparecem, por medo de não conseguir.

A notícia boa é que existe o lado positivo, que é o planejamento. E, por isso, ser capaz de olhar para o nosso medo é fundamental, para que possamos identificá-lo com clareza e, então, saber o que é preciso para superá-lo e montar um plano para isso.

Por exemplo: um vendedor quer aumentar seu número de vendas mensais. Para isso, ele precisa prospectar mais clientes e aumentar o percentual de conversão. Ao fazer essa reflexão ele percebe que, para isso, precisa melhorar as suas habilidades de negociação e o seu fluxo de trabalho.

E é a partir desse momento que tudo começa a ficar mais claro, pois, quando temos essa consciência, automaticamente, criamos formas de como fazer o que queremos. Esse vendedor pode investir no desenvolvimento da habilidade de negociação e montar uma rotina diária para prospecção de clientes. E, então, ele alcançará a sua meta de aumentar o número de vendas mensais.

Para que possamos ser capazes de fazer essa reflexão a humildade é fundamental. Se não formos humildes, não conseguiremos olhar e admitir que precisamos nos desenvolver em determinados aspectos para chegar onde queremos.

Sem humildade ficamos cegos às nossas fraquezas e estagnados em uma mentalidade medíocre, que nos impede de construir a vida que desejamos.

Esse é convite que eu faço para você hoje, para que você plante hoje a semente do futuro que deseja, e merece!

Eu acredito em cada um de vocês!

Beijos!

Até a próxima!

Gostou? CURTA e COMPARTILHE com seus amigos!

Tem sugestões? Deixe nos COMENTÁRIOS ou mande uma MENSAGEM!

Lembre-se de SEGUIR o blog para ficar por dentro das novidades!

 

2 comentários em “Qual o seu medo?

Adicione o seu

  1. Parabens pelo artigo, realmente o medo impede pessoas incriveis de realizar todos os seus sonhos. Elas não sabem que as melhores coisas da vida estão depois do medo, por isso temos que tira-lo do nosso caminho. Abraços e sucesso

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: